Início

Black Friday: entenda e saiba como aproveitar o dia do e-commerce no Brasil

Black Friday (foto: reprodução / GIZMODO BR)

Dentre as inúmeras promoções, liquidações, ofertas e descontos oferecidos durante o ano para o mercado de varejo, nenhuma delas é tão significante e agressiva quanto a famosa “Black Friday”, pelo menos para os norte-americanos. O Brasil está caminhando na mesma direção.
A Black Friday, que é uma ação de vendas anual e acontece sempre na 4ª sexta-feira de novembro após o feriado de Ação de Graças, onde as lojas norte-americanas oferecem grandes descontos nos seus produtos, já ganhou vários adeptos no Brasil.

Existem várias teorias sobre o surgimento do termo. A teoria mais aceita diz que a "Black Friday" surgiu na Philadelphia, por volta da década de 60, onde inicialmente era usado pela polícia local para descrever o intenso tráfego de pedestres e motoristas no dia após o feriado de Ação de Graças. Aproveitando o intenso movimento de pessoas na época, os varejistas locais decidiram liquidar seus estoques oferecendo largos descontos, atraindo assim grande parte dos consumidores. Foi assim que começaram os sedutores descontos que se seguem até hoje.

Por conta do imenso sucesso e da grande aceitação nos Estados Unidos, a Black Friday influenciou vários outros países como Austrália, Brasil, Canadá, Portugal e Reino Unido a praticarem uma data semelhante para as vendas. O Brasil participa dessa ação desde 2010, por iniciativa do site “Busca Descontos”, que viu nessa data a oportunidade de crescimento do mercado interno. Segundo a Exame.com, no nosso país, o Black Friday deve movimentar cerca de R$ 135 mi no e-commerce. Essa data já está consolidada como o dia com o maior número de vendas realizadas pela Internet no Brasil.

A terceira edição nacional terá mais de 300 lojas virtuais com megaliquidações de até 80% de desconto. No ano anterior, apenas 60 marcas participaram – o que mostra um aumento considerável no interesse das empresas nacionais pela data. A Black Friday brasileira é um dia tão importante para o vendedor quanto para quem compra, pois os descontos são realmente agressivos, atraindo consumidores acostumados ou não a realizar compras pela internet.

Porém, nem tudo são flores. Várias lojas estão inflando o preço para dizerem que oferecem um desconto enorme quando isso não é verdade. Historicamente, a Black Friday sofreu com falsas promoções, com isso surgiram diversos sites que protegem o consumidor dessas práticas. Sites como o JáCotei, Baixou e SaveMe  possibilitam comparar preços e produtos em diversas lojas online. Além disso, também é possível analisar o histórico de preços de um produto específico. 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a Black Friday, boas compras e depois compartilhe com a gente sua experiência na Black Friday deste ano.

Links relacionados
Busca de descontos da Black Friday
As melhores ofertas digitais da Black Friday para iOS, Android, PC e Xbox
Foto de Carlos Eduardo Junqueira
SOBRE O AUTOR

Adicionar comentário

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.